Não quero mais ser pavão (ou: como tenho descoberto meu estilo)

Não sou fã de moda, do tipo que compra tudo que é tendência, que está antenada com os desfiles, matérias e blá. Parte disto ocorre porque eu não gosto de estar exatamente igual a TODO mundo, parte disto por preguiça e falta de jeito também com a moda (como quem trabalha ou vive para ela!). É chato que quando uma coisa vira “da moda”, você só encontra isso nas lojas e parece que as pessoas todas tem o guarda-roupas da Mônica, sabe?

Porém, sejamos sinceros. A tendência também nos mostra o que dá certo pra gente, o que não da certo e se você gosta de uma peça de roupa que geralmente não encontra com facilidade, se ela surge como um boom na moda você vai conseguir satisfazer seu guarda-roupas! Aconteceu comigo com as listras (que sempre amei, embora não achasse nada realmente legal, bonito ou com caimento bom antes de virar ~modinha), com as calças de cintura mais alta (que amo/sou desde sempre, mas sofri na época das calças baixíssimas!), etc.

Nos últimos anos tenho mudado e me adequado mais a um estilo minimalista. Usava estampa quase que como o Agostinho Carrara! Amava, mas sofri quando percebi que TUDO que eu tinha era estampado: blusas, regatas, shorts, saias, sutiãs. Pra jeans sempre fui básica, mas isto era só! Meu guarda-roupas começou a me parecer poluído demais e a não ter mais NADA a ver comigo, com meu estilo, com minha vida. Mas não sabia como era de fato meu estilo, o que combinava comigo, o que eu precisava abolir… Juntamente com essa “crise”, existia o consumismo exacerbado! E como qualquer impulsivo, constantemente me arrependia do que comprava ou entendia o porque ter comprado aquilo.

Ai fiz uma conta no Pinterest, passei a ler mais sobre o assunto (consumo consciente, estilos de roupa, desapego, entendimento do próprio corpo…) e meu mundo mudou, junto com meus cabides abarrotados de tudo que não me fazia mais feliz.

1

O que eu acabei descobrindo sobre mim:

1. Eu AMO listras ❤

2. Gosto de roupas femininas, de cintura marcada, de peças confortáveis e versáteis;

3. O estilo minimalista (nas roupas) tem me caracterizado muito mais (inclusive nas estampas, porque estampa discreta -pra mim- entra nesse estilo);

4. Amo acessórios – principalmente maxis colares e óculos escuros ❤

5. Salto: não tem nada a ver comigo! Dói, aperta, incomoda… ou seja, não vale a pena, não me faz feliz e não tem espaço na minha vida. Tenho apenas uma espadrilhe e uma prateada para algum evento;

6. Das cores preferidas: tons escuros  como preto, azul e vinho e nos tons mais básicos prevalência do cinza e branco. Mas ainda não “estabeleci” a minha ~cartela de cores;

7. Das estampas preferidas: além das listras? Flores ❤ Mas delicadas, nada exagerado. Chega de poluição visual;

8. Não tenho tudo que amo no meu guarda roupas (mas isto vai mudar rs);

9. Minha vida consiste em, basicamente, trabalho-academia-casa. O que na prática quer dizer que preciso de mais roupas que se encaixem nesse estilo de vida do que roupas para balada, sair a noite etc.

10. Saias, vestidos e shorts fazem a minha cabeça, principalmente por morar em um lugar quente e gostar de estar confortável nas roupas, então o comprimento quase sempre é médio (nada muito curto).

2

Ainda estou em processo de adequação do guarda-roupas, mas entender e reconhecer um pouco daquilo que me faz bem já é algo que “limpa” o que tem nos cabides rs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s